5 coisas que aprendemos com os coworkings na pandemia

Segundo as estatísticas, apenas nos Estados Unidos, cerca 30% das empresas irão permanecer em espaços flexíveis até 2030. O trabalho remoto parece que “pegou” mesmo e muitos negócios pretendem continuar investindo nesse modelo.

Até antes da pandemia, inúmeras empresas e setores da economia não acreditavam que o trabalho remoto seria algo viável. Contudo, na medida em que o coronavírus começou a se espalhar, todos precisaram se adaptar a uma nova realidade.

Foram tempos de incertezas, medo, insegurança e isolamento. Mas, apesar das diversas consequências negativas que todos vivenciamos, a pandemia deixou alguns aprendizados, especialmente com relação ao trabalho. Antes dela, os coworkings eram apenas um estímulo para o trabalho remoto. Hoje, no entanto, eles são uma alternativa saudável para quem quer aderir a esse modelo definitivamente.

Embora não podemos falar em “fim da pandemia” ainda, sabemos que aprendemos boas lições com os coworkings durante ela. Para saber quais foram esses aprendizados, não deixe de conferir!

1.   Outras modelos de trabalho são possíveis

Nem todo mundo acreditava que era possível trabalhar longe das empresas. No entanto, com a pandemia, todos precisaram se adaptar. Mesmo empresas de setores mais tradicionais, que não eram tão adeptas ao trabalho remoto, se viram forçadas a experimentar esse novo modelo e muitas acabaram até aprovando.

Com a tecnologia é possível realizar diferentes atividades de modo totalmente online. Nessa nova realidade, os espaços físicos se tornaram relativos e funcionários podem trabalhar de qualquer lugar. Mesmo que o trabalho remoto fosse tendência antes da pandemia e os coworkings são a prova disso, a verdade é que ela acabou acelerando esse processo e mostrando para o mercado que outro modelo de trabalho é possível.

2. Um espaço de trabalho alternativo é um diferencial para quem trabalha remotamente

Quando a pandemia começou, muitas empresas permitiram que seus funcionários trabalhassem em home office. No entanto, nem todos se adaptaram bem a esse modelo. Quem trabalha de casa sabe que é comum lidar com distrações o tempo todo tais como barulho, eventos aleatórios, tarefas domésticas e até mesmo interrupções de energia e internet. Não por outra razão, ter um espaço dedicado e uma alternativa ao home office é tão importante.

Os coworkings fornecem aos funcionários acesso flexível a um espaço de trabalho com toda a infraestrutura necessária. Quando não conseguem se concentrar em casa, por exemplo, os colaboradores podem facilmente utilizar um espaço por um dia ou apenas algumas horas apenas para terminar suas tarefas. Além disso, os coworkings contam com um ambiente diferente que favorece a concentração e a produtividade, com instalações que são projetadas com foco nas necessidades do trabalho. Conexão rápida de internet, zonas de trabalho e áreas comuns, salas de reuniões são alguns exemplos de praticidades que favorecem a realização do trabalho e são um diferencial quando comparadas a estrutura do home office. 

3. Criar conexões é importante para ter motivação no trabalho

Os espaços de coworking favorecem a conexão e a colaboração com diferentes profissionais. Talvez nem todos tenham percebido, mas criar conexões pode ajudá-lo a perceber muitas coisas em sua carreira, seu negócio ou até mesmo em sua vida que provavelmente você não veria se estivesse sozinho. Além disso, uma boa rede de networking é essencial para empreendedores que querem crescer e se desenvolver com seus negócios.

Um espaço compartilhado de trabalho é uma ótima maneira de socializar e interagir com outros membros, favorecendo futuras colaborações. Em muitos casos, a simples convivência nestes espaços favorece o acesso a informações relevantes e conhecimentos que podem ajudar você ou sua empresa tanto na adaptação ao novo normal, quanto a inovar.

Com a pandemia e o isolamento social muita gente entendeu que relacionamentos são importantes e influenciam diretamente na nossa motivação e produtividade. Quando falamos do trabalho, isso é ainda mais verdadeiro.

4.   Pertencimento importa

Além de nos mostrar que as conexões são essenciais para ter motivação no trabalho, o isolamento social nos mostrou que esse senso de pertencimento é importante para a nossa saúde mental e também para o nosso bem-estar. Seja em uma empresa, seja com colegas de trabalho, a sensação de pertencer a um grupo ou a um time nos desperta um sentimento de que somos úteis, de que temos um propósito e podemos ajudar e contribuir para um objetivo.

Em um espaço de coworking, a convivência com outros profissionais vai gerando esse senso de pertencimento e ao mesmo tempo troca. Quem trabalhava nesses ambientes já sabia da importância desse sentimento e quão ligado a satisfação profissional ele está.

5. O trabalho híbrido é uma tendência

Depois de mais de um ano trabalhando remotamente, muitas empresas e funcionários estão se tornando mais confortáveis ​​com esse novo modelo. Muitos já se adaptaram e buscam cada vez mais soluções para tornar o trabalho remoto mais prazeroso e produtivo.  

Porém, na medida em que as atividades presenciais estão voltando, nem todos os funcionários querem permanecer no home office, embora a maioria tenha gostado da ideia da flexibilidade que ele proporciona. Para mão perder talentos e ao mesmo tempo contemplar diferentes interesses, inúmeras empresas estão aderindo ao trabalho híbrido, que mescla tanto o home office quanto um local dedicado ao trabalho.

Já falamos como funciona e quais os benefícios do trabalho híbrido aqui no blog. Porém, apenas para destacar alguns deles:

– Aumento de foco, criatividade e produtividade

– Melhoria do equilíbrio entre a vida pessoal e profissional

– Flexibilidade e economia de custos

– Oportunidades de negócios e networking

– Infraestrutura e comodidades para realização do trabalho

Profissionais que já frequentavam um coworking de forma esporádica, alternando esse espaço com o home office, já sabiam dos benefícios do modelo híbrido de trabalho. Agora, empresas que não querem voltar para o espaço físico podem se valer dessa estrutura para efetivamente implementar o modelo híbrido.

Ficou com alguma dúvida sobre como utilizar um coworking para trabalhar remotamente? Entre em contato com a Hausen Coworking e venha conhecer o nosso espaço!

Leave a Reply

Your email address will not be published.